Páginas

terça-feira, 12 de maio de 2009

rainha(s) - duas atrizes em busca de um coração


cadê meu coração? você trouxe meu coração? cadê meu coração?

georgette fadel e isabel teixeira

e domingo fui ao sesi santo andré ver RAINHA(S) - DUAS ATRIZES EM BUSCA DE UM CORAÇÃO. adaptada por cibele forjaz e pelas atrizes georgette fadel e isabel teixeira, a dramaturgia é baseada na obra do alemão friedrich schiller, maria stuart. no livro, maria stuart é presa durante 20 anos por sua prima, a rainha elizabeth 1ª, que corta sua cabeça. na peça, a encenação é mais leve, por vezes engraçada e de uma beleza tremenda.

é uma das peças com o texto mais bacana que vi, daqueles em que a gente presta mais atenção do que em qualquer outra coisa, sobressaindo inclusive à encenação, que por sinal é ótima. o que é a georgette fadel naquela sequencia cíclica no meio do palco, uma mulher atual, de 1800, uma workaholic, uma sonhadora, uma louca? e isabel teixeira? não é a toa que ganhou o prêmio shell de melhor atriz por este trabalho.

o espetáculo começa de forma despretenciosa, metalinguística e depois vai ganhando caráter denso, a luz baixa, a música tétrica (sempre quis usar esta palavra num texto!), e quase chega a cansar, mas as atrizes seguram a onda de tal forma, que prendem o espectador. com uma mistura de temas, entre eles a briga entre religiões e tradições monárquicas, aquele duelo entre as rainhas [que também é entre as atrizes no palco], a peça flui de tal forma que as quase duas horas de duração passam sem que o público perceba.

e em meio aos passeios pelo que é real, o que é encenação e o que é adaptação, o público decide o final da peça. vox populi vox dei? bom, quem for ver a peça perceberá que não é bem assim. na vida real, quem decide nosso destino somos nós mesmos. e a pergunta que fica:

cadê meu coração?
.
.
.

6 comentários:

Cleyton disse...

ai, que vontade de ver. isabel é magnífica. A vi em "Um bonde chamado desejo". Vc viu? Quando eu for aí, quero ir em todos os Teatros...hahaha. abçs

Lubi disse...

poxa, e você nem me chamou.

(hahaha, da série: comentários ridículos)

beijos!

marcela cri cri disse...

ta estranha esa fotinha e essa bordona

Juliana Cruz disse...

'debaixo de chaves...'

Sara L.Miranda disse...

Magnifica.
Espantosa esta mensagem.
Um grande beijinho

Eloisa disse...

Tétrica...
Que medo!
Bjo
Elô Rangel