Páginas

domingo, 10 de maio de 2009

não se fazem mais filmes de ação como antigamente



blá blá blá

sabe quando você cansa deste excesso de cults e suas roupas e seus livros e seus discos e seus filmes e sua arte contemporânea e suas peças de teatro e suas teses de mestrado e o escambau. eu amo tudo isso, sério, de coração. amo o espaço unibanco, o belas artes, o reserva cultural. adoro passear e gastar o que não tenho nas livrarias cultura e fnac. não dispenso um passeio pela paulista, descendo a augusta, parando pra comer no bar do estadão, metrô anhangabaú. auditório ibirapuera, credicard hall, theatro são pedro, itaú cultural, satyros. sesc, sou apaixonado por cada unidade. restaurantes bacanas ou botecos de esquina, bares descolados, lojas legais, enfim, todo mundo sabe que sou aberto aos mais diferentes estilos de tudo. mas de repente me vejo tão cansado escrevendo minha monografia, que só penso em jogar duas coisas: videogame e conversa fora com os amigos, mesmo que a desculpa seja ver um show, um filme ou uma peça bacana.

___

diálogos onomatopéicos

e pra fugir do circuito cult, decidi então ver X-MEN ORIGENS - WOLWERINE e relembrei o quanto são bons estes filmes. lembro de ter ido à estreia dos anteriores, ter comprado todos os kits com bonés, camisetas etc. bom, voltando à sessão de cinema! no começo do filme tudo perfeito como eu queria. efeitos especiais babacas e bem feitos (amo), diálogos onomatopéicos do mal (PÁ, POW, UUGH e 'vou te matar', 'meus poderes são mais fortes que os seus'), carros em alta velocidade, pessoas que voam, congelam e leem pensamentos, enfim, tudo isso que foi chupado e indevidamente apropriado pela novela da record.

___

diga NÃO aos sentimentos em filmes de ação ou 'eu quero ver sangue'!

tudo estava perfeito até eu descobrir que o logan (wolwerine) é irmão do victor creed (dentes-de -sabre) e dele apresentar sua namorada, uma mutante que tem o poder de persuasão ao tocar em alguém. daí o filme degringolou. eu não estava a fim de pensar, nem sentir nada, só me divertir, mas a coisa começa a ficar complexa. ora, pra que enfeitar um roteiro de X MEN? eu quero o logan matando todo mundo com aquelas garras, quero vê-lo brigar com o victor, matar os inimigos, enfim. não foi nada disso. e além de tudo, o filme tem um final TRISTÍSSIMO.

___

lucas versus logan

update: logan é lucas em grego, hebraico, aramaico ou alguma coisa assim. não fora os músculos, o cabelo, a barba e as garras, diria que eu sou o wolverine. RÁ!

.
.
.

15 comentários:

iaiá disse...

rsss
owww brigada por me adiantar o final do filme aí..rsss mas ja ate imagino qual seja.

um dia eu tava meio azeda e fui assistir duro me matar4.0 sozinah com um saco de pipoca! programão! rsss

o que eu quero dizer é que ser intelectual cansa me deixem ser burra! (/aline durel- terça insana)

bj

Ana... disse...

Lucas....

a sua cultura(extrema)acaba comigo..ohhh só vc quer ser culto,versátil e inteligente no mundo né...(putz)risos.

sou completamente apaixonada por x-men...uma mulher-moça com 28 anos nas costas que ama desenho e desde pequena x-men, quando saiu a série de filmes fiquei feliz da vida.E tenho verdadeira fascinação pelo Wolwerine (amo,amo), nos quadrinhos, nos desenhos e nos filmes...esse jeito mala e difícil que não gosta de ninguém, jeito solitário só, só e só de tudo sem rumo e direção, demonstrando uma agressividade e intolerância absurda para esconder uma fragilidade e sentimento. Na verdade ele é oposto disso e ama a Jim (a fenix) a única mutante que pode e não pode ficar com ele.

Os dois sentem uma paixão incontrolável e desejo extremo e até chegam a ter algo mas não para sempre (pelo menos nos quadrinhos é assim) no filme isso é vago mas ainda dá entender isto. Pelo menos no último ainda não assisti este...Jim tem dois lados, várias personalidades dentro de uma, outrora a Jim meiga, doce, mulher boazinha, correta, "direita", naorada exemplar do ciclope e tal, já noutra é a Fenix completamente destrutiva, impiedosa e escorregadia, ela é os desejos mais obscuros de Jim sua face negra. E Wolwerine ama as duas e se adapta perfeitamente nas duas faces de Jim.Mas ela divida e confusa preferi a estabilidade do namoro com Ciclope algo que pode ser controlado. Bem diferente da relação com Wolwerine que é explosão e falta de chão puro, algo que a deixa insegura. Já essa deles serem irmãos eu já sabia...nos quadrinhos insinua algo assim...ha gosto tb da vampira (embora sem sal e sem graça no filme)nos quadrinhos e desenhos (o mais antigo) ela é muito interessante... E confesso gosto destes finais tristes, onde o cara ou a menina morre...é uma merda mesmo..alguém sempre morre...e tudo fica melancólico e trsite demais..Pra mim nenhum problema pq gosto...vou assitir.boa dica.

bom é isso...depois deste mini-livro rsrsrsrrsr...

beijo.

Michele Prado disse...

eu estava empolgadassa lendo a sua postagem até descobrir que o logan é irmão do dentes-de -sabre. eu queria ver o filme e já fiquei sabendo de um dos "segredos" dele. blá!

Eduardo Araújo disse...

Não, ele não é o irmão do dentes de sabre. Você entendeu errado.

Ex-critor disse...

Na minha humilde opinião o Wolwerine deveria ficar (eu sou do tempo em que o mocinho ficava com a mocinha e viviam felizes para sempre) com a Halle Berry. Se eu fosse ele, cortava as unhas, as costeletas e até abandonava o charuto (o maior sacrifício que um homem ou um mutante pode fazer por uma mulher, a maior prova de amor)para ficar eternamente ao lado dela. Dane-se o professor Xavier e todos os mutantes, os da Record inclusive, mas a Halle Berry vale o destino do planeta. Eu me casaria com ela e iria morar numa praia no Nordeste e ter uma vida normal.

ervilha debaixo do fogão disse...

adorei. adorei. adorei.
esse post vivo é daquele menino de hoje? rs.

.lucas guedes disse...

ervilha, as coisas mudam. aquela chuva passou, saiu um sol lindo aqui em são paulo. :-), mas da próxima vez, tomo banho de chuva, ok?

ana, fiquei até com vergonha. minha cultura não é assim extrema, é só fachada... rs.

iaiá, michele, assistam mesmo assim...

eduardo, como assim não são irmãos?

e ex-critor! ri alto com seu comentário... ahahah.

:-)

.leticia santinon disse...

Você é o Wolverine e eu sou a Mística.

Lubi disse...

poxa, isso não se faz: você contou o final do filme!

ia assistir hoje.

(mentira. você sabe, só assisto filme cult. hahaha)

Juliana Cruz disse...

consegui!

entao...amo x-men. tipo a lot!

queria ver esse filme aí, mas vou esperar estrear no HBO. já não pago mais meia no cinema e nao to podendo...rs

Cleyton disse...

Adorei o post. A monografia tbm estava me tirando todos os meus programinhas cults. ah. recebeu o torpedo ontem?

.lucas guedes disse...

gente, assistam o filme. e daí que ele morre no final, oras? e ju, não vale mesmo ver no cinema...

cleyton, recebi SIM seu torpedo no celular. adorei, por sinal! só você mesmo... ahah.

agora volto pra minha monografia! abçs.

Michele Prado disse...

ah, agora eu sei que ele também morre no final, é isso?!

eduardo, não são irmãos?

ps.: vou pedir autográfo pra você e pra lê quando encontrar com vocês.

Sisa disse...

Oi Lucas,
Vi seu recadinho lá na Casa e adorei, viu?

Quant ao filme, eu sou suspeita. Amo filme de heróis, anti heróis e coisas assim. Amei Wolverine (até com sentimentos, heheh).

Beijo.

Talita GB disse...

"Ai meu Deus..."

Só digo isso...