Páginas

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

max

desde que recebi a notícia, agora de manhã, que meu amigo rafael, o max, morreu num acidente de carro esta madrugada, não consigo fazer nada, a não ser escrever e chorar. ainda não consegui sair do sofá e estou sem coragem de encarar o mundo fora dos portões deste prédio. meu deus, como vai ser este mundo sem o max? eu sei que eu e mais todos os zilhões de amigos dele vamos ficar tristes por vários dias, nunca vamos o esquecer, mas nossa vida vai continuar. a dele não.

e por isso não vou fazer homenagem póstuma. o max sabia o quanto eu gostava dele, o quanto eu o aconselhei a largar a faculdade de contábeis e estudar música, o quanto nós éramos diferentes e ligados por uma coisa que não sei o nome.

é verdade, já fazia muito tempo que não nos víamos, mas sempre que possível trocávamos mensagens e marcávamos encontros que nunca aconteciam. lembro de um dia que ele me disse que quando crescesse queria ser igual a mim. imagine... o max, uma das pessoas mais sensacionais do mundo querendo ser igual a mim! não max, definitivamente eu não sou um bom exemplo pra você, eu disse. aí ele disse que eu não sabia o valor que eu tinha na vida dele.

sinceramente eu não sei o que pude contribuir na vida do max, mas sei da contribuição dele na minha. sempre tentar achar algo positivo em meio à diversidade é uma delas. companheirismo é outra. e se eu parar pra pensar vou elencar outras e outras e outras...

mas buscando algumas trocas de email, encontrei várias mensagens entre nós. algumas cobranças, alguns convites e muito carinho, sempre. escolhi duas pra deixar aqui guardado e publicado. como disse, não vou fazer homenagem póstuma, mas queria dizer que max, quando crescer, eu quero ser igual a você.

++++

[JANEIRO, 2008]

E ai amigo,
tudo bom???
tive um ótimo ano .... e encerrei muito bem com as festas....
2007 deixou boas lembranças e agradeço vc tb por ter participado de algumas delas....
(não vou esquecer que assisti uma peça teatral toda em espanhol sem legenda hehehehe)
tive muita diversão, alegria. Tb tiveram momentos ruins....mas na balança acho que o ano foi melhor q o esperado....
agora é batalhar para que 2008 seja bom....
Te desejo um ótimo ano de 2008,
espero que seus planos pessoais possam ser alcaçados.... que conheça muita gente legal.... e que vc continuea cada passo, a cada lugar em que seus pés pisarem, a trazer alegria a todos que estiverem a sua volta como foi em 2007.
Obrigado pela sua amizade sempre....
Que Deus te abençõe e te acompanhe durante esse ano...
Abraço.
Max

+++++

[JANEIRO, 2011]


Oiiii Lucas,

tudo bom???
Cara, lembrei de vc hoje... faz tempo que não te vejo.
Bom ... velhos amigos, apesar da distância, não são esquecidos.

Como anda a vida??? por onde andas!!!
Nossa... ando querendo fazer que nem vc sabia... sumir do mapa rsrsrs....

Boas festas pra vc.

Gde abraço.

Max
.
.
.

8 comentários:

Ana Carolina Moreno disse...

Um abraco forte pra vc...

Bárbara Cheffer disse...

a vida é assim...igualzinho a música de Toquinho:
E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar...

Sinto muito pela sua perda.
mas quem sabe ele, e tantas outras pessoas queridas, já estão nessa astronave olhando por nós.

Anônimo disse...

Lucas, sinto muito e lamento pela perda de seu amigo. Espero que todos os amigos dele e sua família encontrem o conforto necessário para superar.
Abraço,
Silvio Lago
@silvicious1971

Talita Guedes Bittioli disse...

É inacredítável. Dói muito. Lembra dele na sua colação de grau? No meu casamento... Dói muito. Muito e muito.

Amanda Anelhe disse...

Vamos ter tantas lembranças do Max, mesmo distante ele era muito presente em minha vida, mensagens, e-mails... ele era meu amigo confidente..

Ernesto Diniz disse...

Força, querido, força.

Neomisia Silvestre disse...

puxa, lucas...
puxa, max...
puxa...

Laiana Vieira disse...

Tortura!