Páginas

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

notícias de belém [4] - fórum social mundial 2009


definitivamente este é o fórum social da contradição. ainda não entendo o porquê de tanta desorganização, mas isso a gente supera. supera pela quantidade de pessoas bacanas que conheci com seus variados sons, sotaques e cores. pelo portunhol, portuliano, inglês, catalão, francês, dialetos indígenas falados em todos os cantos. pelas roupas (ou a falta dela), os cabelos e gírias.
.
supera pelo som do carimbó, do reggae, do samba, do boi... pelo sabor do cupuaçu, do murici, da taberaba e pela erva de jambo que adormece minha língua quando tomo tacacá e pelos 'ois', 'hollas' e 'his' que ouço quando acordo.
.
aí vem o pt, o pcdob, o psol, a cut e todo esse bando de sigla pra f# tudo. mas é isso né. é o fórum social mundial (também chamado de fórum sexual mundial) e pra mim tá tudo certo. o problema é que tem gente que leva esse lance de partido tão a sério que dá até medo.
.
e ontem foi o encontro histórico entre os presidentes lula, hugo chávez, da venezuela, evo morales, da bolívia, fernando lugo, do paraguai, e rafael correa, do equador. por causa da péssima organização na entrada do evento, precisei (junto com minha fotógrafa oficial) me esconder num ônibus e entrar pelo estacionamento. tem até vídeo que não mostro por motivos óbvios, mas foi bem legal.
.
legal foi só a entrada porque o ato em si foi ridículo. o espaço estava ocupado por milhares de petistas fanáticos que não prestaram atenção em nada, só ovacionaram o presidente. de repente um grupo chamado crítica radical levantou uma faixa contra o governo e os petistas ofendidos começaram a gritar LULA e a jogar papel e copos nos caras. esse é o fórum social...
.
[pausa para ouvir os manifestantes do fórum gritarem "a nossa luta é todo dia... contra o racismo, o machismo e a homofobia"]
.
voltando, eu só queria que acontecesse na política o mesmo que acontece com as pessoas que falam linguas diferentes aqui no fórum e mesmo assim se esforçam pra se entender. mas não, os caras tem que brigar. bom, como vi que aquilo ali ia ser puro bla bla bla, acabei saindo antes do fim. o que saiu na imprensa por aí não é nem 1 por cento do que aconteceu.
.
a imprensa não falou do dinheiro gasto com os aviões pra trazer estes presidentes, nem da grana que a universidade federal rural da amazônia EMBOLSOU. não falaram também dos dois helicópteros alugados para que fosse feita uma foto gigante da qual eu participei e NÃO falaram que belém - uma metróple - TEM ESGOTO A CÉU ABERTO, nem que a UFRA fica num dos bairros mais pobres e violentos da cidade.
.
e que fórum social é esse em que os acampados enchem o acampamento de lixo e em seguida gritam SALVE A AMAZÔNIA? nós estamos acampados num lugar lindo, cheio de mata, sapos, cobras, búfalos e todos os tipos de inseto e ainda assim tem gente que simplesmente acende seu cigarro e joga a bituca no chão.
.
e que fórum é esse que prega a COMUNICAÇÃO LIVRE, mas impede a mídia comercial de entrar no acampamento? que eu saiba livre é livre. ou não?
.
ah, melhor parar por aqui, senão vou acabar falando do discurso do movimento estudantil que - PASMEM - é o mesmo do fórum de 2005. acho que trouxeram as mesmas faixas, só trocaram o 5 de 2005 pelo 9 de 2009. de resto é a mesma coisa.
.
e, se não fossem os motivos que citei no começo deste desabafo, já teria ido embora...
.
.
.

5 comentários:

Rodrigo Artur disse...

2005 é que igual a 2009 que poderia ser 2002 ou 84. Não há renovação do discurso da esquerda e nem da direita. Se no FSM Che é lembrado e adorado em Davos Keynes tem o mesmo prestígio. Vivemos tempos de falta de imaginação.

.leticia santinon disse...

Essas coisas só confirmam a minha falta de fé nesses eventos. Anyway, acho que só pelo fato de conhecer pessoas de diferentes lugares, vale a pena.

Guito Ribeiro disse...

Estes relatos só ajudam a reforçar uma idéia fixa que possuo, e muitos PUXA-SACOS da esquerda criticam: ESTES EVENTOS SERVEM APENAS PARA GASTAR O DINHEIRO PÚBLICO, DE FORMA A ENGRANDECER O "NOSSO" GOVERNO PERANTE O RESTO DO MUNDO. Desculpem-me os contrários à esta idéia, mas sou anti-petista, e principalmente, "ANTI-LULISTA", já que é isso que os petistas teem sido ultimamente.

Eduardo Araújo disse...

Sobre a organização. Já falei, isso é inevitavelmente uma forma de sermos. Brasileiros, latino-americamos. Crescemos na precariedade, e isso se repetirá a exaustão. A melhor definição, neste sentido, do Brasil (quando vemos a estratégia norte-americana para "coroação" de Obama, como pensamos nas estratégias e conquistas de direitos de minorias, como a advinda desde Luther King para que um negro um dia chegasse ao poder (ainda que não possamos pensar isso de forma idealista), só comprova a diferença brutal entre os americanos do norte e do sul. Ou seja Macho, branco/ingles, protestante, colonizador, capitalista, democrata X - VERSUS - Macho, branco/europeu - portugues e espanhol, católico, explorador, com pendor socialista, mas no fundo sempre ditador/paternalista.

Para os americanos branco é branco, preto é preto (e a mulata não é a tal)
Bicha é bicha, macho é macho
Mulher é mulher e dinheiro é dinheiro

E assim ganham-se, barganham-se, perdem-se
Concedem-se, conquistam-se direitos
Enquanto aqui embaixo a indefinição é o regime

E dançamos com uma graça cujo segredo nem eu mesmo sei
Entre a mesmice e a desgraça
Entre o monstruoso e o sublime

Eduardo Araújo disse...

Agora li inteiro. Uma beleza de observação. Bota aí essas fotos de tudo que é podre. As contradições. Minha descrença de transformação nunca sufoca meu desejo de RECONHECER e DIFUNDIR tais contradições e hipocrisias. Talvez por que ainda acredite em idéias, um pouco menos das difundidas em palanques, oficiais, mas daquela que lançamos até em rodadas de boteco uns para outros, ou em salas de aula, onde cada vez menos se exerce esse direito de conhecer e pensar.