Páginas

domingo, 13 de dezembro de 2009

e esse ano que não termina nunca

assim como esta noite, o ano de 2009 parece não querer acabar. sabe quando você tem plena certeza que já fez tudo que tinha que fazer durante o ano? sabe quando tudo já foi dito, sofrido, viajado, chorado, rido, vivido? sabe quando o livro está no último capítulo, o filme já está pra acabar e na novela já aconteceu tudo e só faltam os casamentos da última cena? então. é mais ou menos isso, só que sem os casamentos, claro.

2009 já deu o que tinha que dar (e o que tirar). sinto que me arrasto pra janeiro com esperança que nunca tive - e fé de que agora as coisas vão andar. enquanto isso, vivo estes últimos minutos do ano como se estivesse assistindo a um show que está prestes a terminar.

mas desta vez não quero bis.

.
.
.

.

7 comentários:

Conrado Falbo disse...

quando a gente acha que já viu (e sentiu, sofreu, experimentou) de tudo é quando a gente pode ser verdadeiramente surpreendido.

.leticia santinon disse...

cansei muito de 2009, e se 2010 continuar assim, vou embora para Austrália.

Anônimo disse...

Uau! Ler esse post foi como se eu mesma escrevesse cada frase, cada palavra! Me sinto exatamente assim.
Bjos,
Priscila.

marcela disse...

eu nao. eu ainda me sinto em setembro.

NaraBelmonte disse...

sim, sim. espero que 2010 seja longo o suficiente a ponto de sobrar tempo também, como este ano, para eu fazer tudo o que planejo. ;)

Gabi Pasquale disse...

Tenho a mesma sensação que você. Novembro e Dezembro foram complicados para mim. Preciso de 2010 urgentemente. Preciso do ano que vem pra me desligar de muita coisa, pra seguir a vida de outro modo. 2009 tirou algumas coisas de mim e me fez sofrer em demasia em causas sentimentais.

Sisa disse...

2009 foi um ano intenso. Realizei meu maior sonho. Perdi uma das pessoas que mais amava. Paguei a maior língua de todos os tempos, em dose dupla. Estive nos três lugares mais importantes da minha vida (tão importantes que estão tatuados no meu pé). Se não fosse eu estar nestes dias numas férias tudo de bom, eu diria "acaba logo, 2009, que não consigo viver mais nada este ano". Que venha 2010, fresquinho pra gente.

Beijo grande.